Os Melhores PC GAMER, Custo X Benefício em 2020

O que seria um PC GAMER Custo X Benefício?

Na minha opinião, avaliando as condições do mercado brasileiro, avaliando também as estatísticas da Steam (plataforma de jogos mais utilizada), a realidade da grande maioria são os 60 FPS em Full HD (1920×1080). E dentro desse cenário, a gente englobando todos os gêneros de jogos, conseguimos achar um perfil de player para essas condições de “Resolução VS Qualidade Gráfica”. 

Agora que já conhecemos o perfil da maioria dos players, podemos achar uma harmonia na seleção das peças desse PC GAMER, para não gastar mais que o necessário.

PROCESSADOR

Como nosso objetivo é manter 60 quadros por segundo, na resolução de 1920×1080, um processador de 6 núcleos já seria o suficiente. Eu optei pelo Ryzen 5 3500, um processador de 6 núcleos e 6 Threads com um Clock Boost de 4.1GHz.

Você vai perceber nos testes que é mais que o necessário para fazer a instrução dos 60 quadros.

MEMÓRIA RAM

Alguns jogos mais recentes, por exemplo Read Dead Redemption 2, já tem a necessidade da utilização de 16GB para manter a jogatina mais estável, mas como a maioria dos títulos mais jogados ainda rodam bem com 8GB, eu optei por um módulo de Crucial Ballistix Sport LT 8GB 2666MHz.

PLACA MÃE

Mantendo o Custo x Benefício, optei por um modelo de entrada, logo que não vamos fazer “overclock” no processador. O Ryzen 5 3500 é um processador bem frio, com um TDP de 65W, não será nenhum problema para nossa placa mãe de modelo mais simples, e ainda nos permite fazer um UPGRADE para até um Ryzen 7 3700X com o mesmo TDP de 65W. Com excelente preço a Gigabyte GA-A320M-S2H, foi a escolhida.

ARMAZENAMENTO

Um SSD hoje em dia é bem bacana para uma inicialização mais ágil do sistema operacional e outros, particularmente não deixo meu PC sem um, mas como SSD não vai dar mais FPS, optei por mais espaço, utilizando um HD Seagate Barracuda de 1TB. Vai ter espaço de sobra para o Windows e Games.

FONTE

Uma escolha consciente, tanto na potência quanto na qualidade dos componentes. Não esqueça sempre de pesquisar sobre a qualidade dos componentes que as marcas utilizam, se realmente elas entregam a eficiência proposta. Para o nosso PC não vamos precisar mais que 400W, mas vamos colocar com margem para os UPGRADES e utilizar um modelo de 500W da Cooler Master, a Elite V3 com certificado de eficiência 80 Plus e PFC ativo.

GABINETE

Essa uma escolha um pouco pessoal, recomendo que não extrapole a faixa dos R$270, para não sairmos muito do nosso custo x benefício. Eu vou apresentar dois modelos que se encaixam no preço e ainda entregam uma boa qualidade de construção.

O primeiro modelo é o Aerocool Aero One Frost, é um Mid Tower com vidro temperado na lateral, é um gabinete que suporta placa mãe até no formato ATX. É um gabinete bem arejado tem a frente toda aberta e ainda acompanha um filtro de poeira imantado na parte frontal para facilitar na limpeza.

A Segunda opção é um Riotoro CR-100TG, mais um Mid Tower com uma elegante fita RGB na frente, também com vidro temperado na lateral e com espaço interno bem amplo. comparado ao anterior ele perde um pouco no fluxo de ar, porém conta com uma construção bem parruda. É um modelo um pouco mais barato.

PLACA DE VÍDEO

Responsável por renderizar nossos quadros, para esse propósito de entregar os 60 FPS, englobando todos os jogos com uma configuração gráfica aceitável, eu listei 2 modelos de chips de fabricantes diferentes, para agradar todos os gostos.

A primeira placa de vídeo é uma Radeon RX 580 8GB Dual Fan, placa com chip polaris da AMD, que nos dias de hoje aparecem com excelente preço, logo que já foram substituídas pelas Navi. Vão nos entregar o proposto, como nos resultados mostrados abaixo. 

A segunda placa de vídeo é uma Galax GeForce GTX 1660 1-Click OC, placa do mais novo chip Turing da Nvidia, do lado da Nvidia é a que melhor se encaixa no nosso custo x benefício buscado ,é uma placa mais cara que a anterior, porém tem uma performance geral de 15% a mais.  

E agora que já temos as nossas 2 opções de PC Gamer com melhor custo x benefício de 2020, vamos colocá las nos principais jogos, os mais jogados em 2020, e mostrar do que elas são capazes de nos entregar.

TESTE EM JOGOS

CONUTER STRIKE – GLOBAL OFENSIVE

Rodando o game com preset competitivo (low) em Full HD, tivemos médias bem acima dos 200 FPS em ambas as placas de vídeo. Resultado excelente para um jogo que quanto mais FPS, mais agilidade você tem.

FORTNITE

O preset utilizado nesse comparativo foi o mais utilizado no cenário competitivo, com tudo no low e distância de visão no épico. O jogo apresentou uma boa estabilidade e uma excelente média de FPS, ultrapassando a casa dos 200 FPS nos 2 PCs. 

GRAND THEFT AUTO 5 – GTA V

Um jogo de 2013 que ainda tem muita força até hoje, sucesso nas LIVES de sábado a noite. Preset ficou bastante alto, a maioria dos filtros no Ultra e Muito Alto em Full HD. Também rodou com uma ótima estabilidade e uma boa média de FPS. O jogo travado a 60 FPS te entregará uma experiência mais agradável e ainda vai te permitir fazer aquela LIVE, logo que temos sobra de utilização do CPU e VGA.

RAIBOW SIX SIEGE

Mais um game que é sucesso nos campeonatos de E-Sports, logo fiz os testes no cenário competitivo, preset todo no Low em Full HD, e a média foi bem interessante ultrapassando os desejados 200 FPS em ambas as máquinas.

THE DIVISION 2

Jogo recém lançado com uma grande exigência do nosso hardware, fiz os testes no preset Alto padrão do jogo, em Full HD. O jogo rodou bem, mantemos uma boa média de FPS, porém os 8GB de RAM ficaram bem próximos do limite, para a nossa ideia do custo x benefício, nos atendeu, mas recomendo que vá fazendo o seu pé de meia para o primeiro UPGRADE na máquina, que seria mais um módulo de memória RAM. Vai ajudar a ter mais FPS e melhorar a estabilidade nos games de mundo aberto. 

READ DEAD REDEMPITION 2

Sucesso nos consoles e recém chegado aos PCs, RDR2 é mais um game de mundo aberto com uma grande exigência do hardware. Para atingir os 60 FPS desejados pelos usuários de PC, eu rodei com prest no Médio / Alto em Full HD, e a média foi bem próxima a 60 FPS.

FAR CRY 5

Jogão de mundo aberto da Ubisoft, com lançamento em 2018, FC 5 deu pra rodar com preset no Ultra padrão do jogo em Full HD. As médias no PC da AMD ficaram próximas de 60 FPS, mas temos margem pra descer o preset e não perder a qualidade. A dica de mais um módulo de RAM futuramente para o PC continua.

FÓRMULA 1 2019

Jogos de corrida não serão problema para o nosso PC custo x benefício de 2020, com preset no Ultra em Full HD, conseguimos médias bem agradáveis bem acima de 60 FPS, pra quem utiliza monitores com a taxa de atualização de 75Hz vai conseguir desfrutar do game com preset máximo.

DOTA 2

O nosso querido Dotinha não pode ficar de fora, e para quem é FÃ de League of Legends (LOL), pode tirar esse resultado como base, logo que o Dota 2 é mais exigente, quando o assunto é Hardware. Com o preset máximo do jogo (API Vulkan) em Full HD, conseguimos médias acima dos 100 FPS em uma partida profissional, com muito “quebra-quebra” acontecendo na partida.

CONCLUSÃO

Conseguimos bater a nossa meta dos 60 quadros por segundo nos jogos mais jogados em 2020 com a resolução mais utilizada, o Full HD. Conseguimos manter presets gráficos bem bacanas, respeitando o limite e a utilização adequada em cada um dos games.

Caso tenha interesse em adiquirir algumas dessas máquinas vou deixar aqui minha recomendação, PC AMD ou PC NVÍDIA.

Não esqueça de utilizar o campo de comentários abaixo caso tenha alguma dúvida. 😁

Leia Mais
Caixa de som ou headset
Headset VS Caixas de som: qual é o melhor?