Imagem: REUTERS/Dado Ruvic/Ilustração

Mais três províncias na China começam a fechar fazendas de mineração

O governo Chines está continuando sua caça aos mineradores, após fechar diversas fazendas de mineração na província de Jiang, uma das províncias mais procuradas pelos mineradores justamente pelos preços de energia mais baratos na região. Mas a China não quer parar por aí, e aparentemente quer literalmente expurgar os mineradores do país.

Imagem: Shutterstock

A China agora está atrás dos mineradores das províncias de Anhui, Gansu e Henan, o que está fazendo com que muitos mineradores busquem outros locais para se instalar como o Cazaquistão e o Texas, que devido ao excesso de produção de energia da Califórnia consegue adquirir esse excedente a preços muito baixos, tendo um dos preços de energia mais baratos dos EUA.

As motivações do governo Chinês são duas, a neutralidade de carbono que o país pretende atingir até 2026, a qual eles conseguiriam atingir trocando suas usinas elétricas por fontes renováveis. E é claro a econômica, que tem mais haver com o controle do governo sobre os seus cidadãos, já que o governo não tem nenhum controle sobre as criptos, o que pode levar a lavagem de dinheiro e evasão de divisas, que segundo o governo Chines pode colocar em risco a economia do país.

Com mais esse banimento, o Bitcoin segue a cair, já que ele atingiu sua maior queda nos últimos meses, chegando a quase 50% do valor que teve em sua maior alta, mas segue tendo 300% de aumento no período do último ano. É claro que não dá para culpar apenas os banimentos na China pela queda da moeda, mas de qualquer forma esse banimento contribui e muito para a queda do valor do Bitcoin e demais criptomoedas.

Fonte: CoinDesk

Leia Mais
economizar em jogos no PC
Como economizar ao comprar jogos de PC?