Epic First Run

Epic First Run vai destinar 100% de receita para desenvolvedores

A Epic Games anunciou nesta quinta-feira (24) uma ousada iniciativa que promete revolucionar a relação entre desenvolvedores terceirizados e distribuidoras. Denominada de “Epic First Run”, a iniciativa oferece aos desenvolvedores a oportunidade de reter a totalidade dos lucros de seus jogos recém-lançados por um período determinado, em troca de exclusividade de distribuição.

A partir de 16 de outubro deste ano, os participantes do programa Epic First Run poderão ficar com 100% dos lucros gerados por seus jogos nos primeiros seis meses após o lançamento. Esse movimento audacioso visa proporcionar um incentivo significativo para os desenvolvedores, que frequentemente têm uma divisão de receita desfavorável em plataformas de distribuição convencionais. Após o período de seis meses, a divisão da receita retornará ao modelo padrão, onde 88% dos lucros irão para o desenvolvedor, enquanto 12% serão retidos pela Epic Games.

No entanto, essa oportunidade não vem sem restrições. Os desenvolvedores que aderirem ao programa Epic First Run concordarão em não disponibilizar seus jogos em outras lojas concorrentes durante o período de exclusividade de seis meses. Isso inclui plataformas notáveis como a Steam Store da Valve. Além disso, jogos que já tenham sido oferecidos em outras lojas digitais de terceiros antes do período de exclusividade também serão considerados inelegíveis para o programa.

É importante destacar que essa proibição não limitará os desenvolvedores de venderem seus jogos através de suas próprias lojas digitais. Além disso, eles poderão fazer uso do programa de resgate sem chave da Epic para distribuir seus jogos através de parceiros da empresa, como o Humble Bundle ou a GOG.

Além da promessa de receitas integrais, os títulos participantes no programa Epic First Run também receberão vantagens adicionais destinadas a aumentar sua visibilidade e alcance. Isso inclui a oportunidade de participar em “campanhas relevantes da loja” e serem destacados de forma proeminente na página inicial da Epic Store.

Esta jogada mais recente da Epic Games é uma extensão dos esforços contínuos da empresa para atrair e reter desenvolvedores em sua plataforma de distribuição. No início deste ano, a Epic lançou um conjunto de ferramentas de autopublicação projetadas para simplificar o processo de lançamento de jogos na Epic Store. Além disso, a empresa tem buscado conquistar usuários finais através do programa Epic Rewards, que oferece recompensas para os compradores e pode ser aplicado em descontos futuros.

O anúncio do programa Epic First Run marca um momento notável na indústria de jogos, trazendo à tona discussões sobre a relação entre desenvolvedores e distribuidoras, além de potencialmente redefinir a paisagem da distribuição digital de jogos. Enquanto alguns saúdam essa iniciativa como um passo positivo para apoiar os criadores de conteúdo, outros questionam as implicações a longo prazo desse modelo de exclusividade.

À medida que outubro se aproxima, a indústria e os jogadores aguardam para ver como essa nova iniciativa irá moldar o cenário dos jogos eletrônicos e influenciar a forma como os desenvolvedores escolhem suas estratégias de distribuição.

Leia Mais
Análise: Crucial Ballistix 3200 CL16 são boas mesmo?