256 Processadores encontrados presos ao corpo do contrabandista

Contrabandistas são presos com 304 processadores da Intel

Quando pensamos em contrabando, pensamos em coisas ilegais, como drogas, animais, e grandes quantias de dinheiro, o que ninguém esperava são processadores de computador, mais especificamente processadores da décima geração da Intel, sendo sua maioria composta por i7 10700K e i9 10900K.

Imagem: 52 processadores apreendidos | Fonte: HKEPC

Os contrabandistas foram pegos separadamente, com um tendo 256 processadores presos em seu peito e panturrilhas, e outro com 52 processadores escondidos entre os bancos de uma camionete, assim mesmo com a aparente disponibilidade que esses processadores estão sendo encontrados no mercado, não foi suficiente, com esses contrabandistas sendo pegos na fronteira entre Hong-Kong e Macau.

Imagem: Processadores presos a canela do contrabandista | Fonte: HKEPC

Provavelmente isso foi uma maneira de contrabandear esses processadores para fora da China, já que a sede/fábrica da Intel no País fica em Shenzhen, cidade que faz fronteira com Hong-Kong e é conhecida como Vale do Silício chines. Tanto Hong-Kong quanto Macau são regiões administrativas independentes, sendo diferentes com o restante da China no quesito leis, mas de certa forma ainda respondem a Pequim.

Segundo o site chines HKEPC, todos os processadores confiscados chegam a soma de 800 mil yuans, o que equivale a pouco mais de 640 mil reais, como 2 pessoas foram pegas em ocasiões diferentes, isso provavelmente não deve se tratar de casos isolados, fazendo com que o total de processadores contrabandeados passar da casa dos milhares.


Fonte: HKEPC via VideoCardz

Leia Mais
AMD deve migrar para os 6nm ainda no RDNA2