China vai limitar videogames para menores de idade por apenas 3 horas por semana

Já pensou em ter nascido na China? Se sim, talvez sua infância fosse bem diferente, com videogames bem restritos até seus 18 anos. Já existem regulações sobre quantas horas um menor de idade pode jogar por dia, até então era de apenas 1 hora e meia por dia.

Foto: Bugha, jogador de 16 anos que ganhou a copa do mundo de Fortnite | Fonte: Epic Games

Porém isso deve ficar ainda mais restrito a partir de agora, com menores de idade só podendo jogar 1 hora durante o final de semana e feriados, sendo essa hora estritamente entre as 8 e 9 da noite. Isso é a forma que os chineses estão tentando afastar as crianças dos jogos, com pessoas atreladas ao governo chamando os jogos de “ópio”. 

Os consoles foram banidos por 14 anos do país, só retornando a serem vendidos em 2014. Isso mostra o quanto o videogame é abominado pelos governantes do país. Se você está pensando que deve haver alguma maneira de isso ser contornado pelos jovens você está errado. Essa restrição vai vir diretamente das companhias de Internet e fornecedores de jogos, já que lá é requerido que você coloque seu nome completo e documentos no cadastro de qualquer jogo.

Empresas Chinesas como a NetEase e Tencent que atualmente dominam o mercado de jogos por lá, já estão buscando expandir seus produtos para outras regiões já que restrições como essas devem “matar” boa parte da indústria de videogame local.

Fonte: CNBC

Leia Mais
Prêmio eSports Brasil 2020: Gaules e PVDDR ganham 2 prêmios cada