3 MOTIVOS PARA VOCÊ ESCOLHER PROCESSADORES AMD RYZEN

A escolha do processador é a decisão mais importante que você precisa fazer. Já que ela direciona o caminho que você vai seguir; seja escolhendo a placa mãe, como até mesmo a placa de vídeo que combine melhor, de uma forma que não ocorra muito gargalo. Com isso em mente, eu decidi trazer 3 motivos para escolher os processadores da AMD e, assim, ajudar vocês nessa escolha.

PREÇOS MAIS ACESSÍVEIS

É impossível falar da AMD sem comentar sobre os preços dos seus produtos. A empresa sempre trouxe processadores mais baratos do que a sua concorrente. O que pode fazer alguns pensarem que, por conta disso, seus produtos não tenham qualidade. Mas a verdade é que a AMD traz um preço mais “justo” e entrega performance muito boas.

Na verdade, a ideia da empresa, desde o lançamento dos FX, era poder trazer processadores com mais núcleos e que não fossem tão caros. Claro que, infelizmente, a ideia não teve um retorno muito positivo na época, já que, embora os FX eram processadores com mais núcleos, eles tinham uma performance muito baixa e um consumo energético muito alto, o que fazia com que esses processadores esquentassem bastante.

Com o lançamento dos Ryzen, em 2017, tudo isso mudou. A empresa conseguiu trazer um ótimo custo-benefício, entregando processadores com mais núcleos e ótimas performances. E, ainda hoje, tem sido o preferido de muitos.

PROCESSADORES COM MAIS NÚCLEOS

Hoje em dia, só temos processadores six-core e octa-core na linha mainstream, graças aos esforços da AMD. Se fosse pela sua concorrente, talvez até hoje teríamos apenas processadores quad-core.

As vantagens que os Ryzen trouxeram não para por aí. A competição fez com que ambas as empresas se esforçassem mais e mais para melhorar a qualidade de seus produtos. Seja com mais núcleos ou com clock’s mais altos.

O resultado foi que, hoje, vemos um processador com 16 núcleos e 32 threads sendo mais acessível do que há 3 anos.

MARGEM PARA UPGRADE

Com certeza uma das coisas mais chatas que passamos quando compramos o nosso computador, é saber que, se quisermos trocar de processador, precisamos trocar de placa mãe. Pensando nisso a AMD, no lançamento dos Ryzen, prometeu suporte ao socket AM4 até 2020. Isso permitiu que a mesma pessoa que comprou o Ryzen 5 1600 em 2017, pode fazer upgrade para o Ryzen 5 3600, que foi lançado em 2019.

Ou seja, se você pretende comprar um Ryzen 5 1400 e futuramente trocar por um Ryzen 9 3900X, ou até mesmo o Ryzen 9 3950X, você pode. Claro que, para isso, é indicado comprar uma placa mãe que te dê suporte à quantidade de núcleos que esses processadores oferecem, sendo a melhor escolha uma placa mãe de chipset X570.

Sendo fã de AMD ou Intel, o fato é que a AMD tem dominado o mercado nos últimos anos. E isso tem se dado pelos motivos listados acima. Se você é novo e sem muita experiência, eu recomendo que você dê uma olhada nesses processadores. Tenho certeza que você não vai se arrepender!

Leia Mais
REVIEW COMPLETO do SSD NVMe Hikvision E2000R de 1TB, Vale a Pena?