Intel deve lançar Alder Lake no dia 27 de Outubro

A Intel está correndo atrás do prejuízo, e após ter sido superada pela AMD em todos os segmentos pelos Ryzen 5000, a fabricante está em uma sinuca de bico, com seus processadores passando longe dos consumidores que querem a melhor performance e assim sendo buscados apenas por aqueles consumidores que estão indo atrás de algo mais voltado ao custo benefício.

Imagem: Intel

Isso no geral não é muito bom, como todos sabemos quanto mais próximos as fabricantes estão em questão de performance, mais baratos os processadores acabam ficando, e assim justamente por essa ser a única forma das fabricantes puxarem os compradores para o seu lado, e com a AMD após assumir a liderança já subindo os seus preços.

Com isso em mente a Intel está tentando assumir novamente a ponta, e se tudo der certo isso deve ocorrer logo mais em outubro, mais especificamente dia 27, onde a fabricante irá fazer um evento com o nome “Fully Hybrid” que traduzindo seria Completamente Híbrido, o que com certeza é uma alusão aos seus novos processadores com arquitetura híbrida.

O que esperar da 12ª geração da Intel?

Imagem: Intel

A arquitetura em questão já é o conhecido BIG.little que é a junção de cores de alta eficiência somados a cores de alta performance, fazendo com que os processadores tenham maior flexibilidade e possam administrar de forma melhor os cores do processador para que fiquem melhores alinhados a o que cada programa precisa.

Os Alder Lake da Intel devem vir com a nova arquitetura Intel 7, que é o nome que a Intel deu para sua arquitetura Enhanced Finfet de 10nm que segundo a fabricante tem performance similar as demais arquiteturas de 7nm encontradas no mercado. Essa arquitetura deve ser a mesma utilizada na décima terceira geração o Raptor Lake que deve ser lançada no fim de 2022.

Alguns vazamentos indicam que a Intel deu um bom salto nessa geração e estaria superando a AMD nos topos de linha em mais de 26% em single-core e 11% em multi-core que se concretizar colocaria a fabricante de volta à briga. Ainda não sabemos como a AMD vai reagir se isso for verdade, afinal a fabricante não irá lançar nada muito grande esse ano, com apenas o refresh do Zen 3 na forma do Zen 3+ com os Ryzen 6000, o que talvez não seja o suficiente para superar esse salto da Intel.

Fonte: VideoCardz

Leia Mais
PS5 Tem Apenas 650 GB de Espaço Disponível